RÁDIO ESTAÇÃO VOX - Mais que uma rádio

Pernambuco tem mais de 128 mil desalojados ou desabrigados após mais de duas semanas de chuvas

"Nesta terça (7), voltou a chover forte no Grande Recife e na Zona da Mata. Houve alagamentos e deslizamentos de barreiras, e a 129ª morte foi registrada."

Após mais de duas semanas de chuvas, Pernambuco passou a ter 119.523 desalojados e 9.134 desabrigados, totalizando 128.657 pessoas que precisaram abandonar as casas devido ao temporal. A tragédia, a segunda maior do estado em número de óbitos, deixou 128 mortos no fim de maio e, nesta terça-feira (7), um adolescente morreu em um deslizamento de barreira na Zona Norte do Recife. 

No domingo (5), além de 37 cidades que decretaram situação de emergência por causa das chuvas, havia 61.596 desalojados e 9.631 desabrigados, totalizando 71.227 pessoas. O acréscimo foi de 48.296 pessoas entre as que perderam as casas de forma temporária ou definitivamente.


De acordo com a Secretaria Executiva de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), houve ao menos cinco deslizamentos de barreiras: um no Recife, onde um adolescente morreu; um em Tamandaré, com sete feridos; dois em Quipapá e um em Jaqueira, na Zona da Mata.


A Defesa Civil do estado também afirmou que a continuidade das chuvas aumenta os riscos à população e, por isso, as pessoas devem seguir as orientações das autoridades municipais. É possível buscar ajuda 24 horas por dia nos telefones 199 e (81) 3181-2490.

O local onde mais choveu nesta terça-feira foi Tamandaré, com 162 milímetros, de acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). Em seguida, vêm Rio Formoso (118 mm), Recife (117 mm), Paulista (110 mm), Olinda (109 mm) e Jaboatão dos Guararapes (107 mm).

Houve, ainda, incidentes em estradas no Grande Recife e no interior do estado, de acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER):

Grande Recife:


  • PE-015: pontos de alagamento ao longo da via;
  • PE-028: no sentido praia, pista com asfalto danificado nas proximidades do quilômetro 1 e veículos trafegando com cautela;
  • PE-060: pontos com retenções de resíduos e água ao longo da via e veículos trafegando com cautela;
  • BR-232: no quilômetro 61, no município de Pombos, no sentido interior, houve um deslizamento de barreira, com tráfego em meia pista.


Zona da Mata Norte:


  • PE-040: em Chã de Alegria, houve deslizamento de pista e o trânsito ficou interditado, obrigando os veículos a trafegar pelo perímetro urbano da cidade;
  • PE-041: em Araçoiaba, nas imediações da Usina São José, a área utilizada pela usina como retorno e estacionamento foi destruída. Ao longo da rodovia, há resíduos na pista de rolagem e deslizamento de barreiras. Enquanto a empresa executa a limpeza, veículos precisam trafegar com cautela;
  • Vicinal Mussurepe: no quilômetro 6, em Paudalho, uma ponte sobre o Rio Capibaribe foi arrastada pela correnteza, com perda total.


Zona da Mata Sul:


  • PE-063: no quilômetro 24, em Amaraji (área urbana), há risco de deslizamento de pista, com interdição parcial;
  • PE-096: quilômetro 6, no sentido Barreiros/Palmares, há erosão de bueiro sinalizada, com tráfego em meia pista.
  •                                                         https://g1.globo.com/pe/pernambuco


Powered by Froala Editor

NOTÍCIAS MAIS LIDAS